quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Comentários Semanais: Princess Principal #11



Como eu imaginei no final do episódio anterior, os dois últimos episódios, esse e o próximo, são lineares, seguindo agora o arco final do anime por assim dizer. A ordem então foi 13-1-2-9-7-18-16-20-11-22-23 e o próximo deve ser o 24.

Como eu imaginei, elas não iriam facilmente matar a princesa, a Dorothy não conseguiu nem disfarçar que não queria, e com isso foi retirada do time, e a Ange, apesar de disfarçar bem, bolou todo um plano para fugir com a princesa para longe. Afinal, elas eram muito amigas, imaginar que uma mataria a outra friamente não é muito plausível.


O time todo acabou se desfazendo, Dorothy desapareceu no começo do episódio, creio que ela deve voltar a aparecer no próximo, mas não falaram nada dela. A Chise foi chamada de volta, porque o mestre dela percebeu que algo muito tenso ia acontecer envolvendo a princesa, novamente, a Chise deve voltar para ajudar ela.

Pelo que eu entendi do episódio, rolou uma troca na liderança do grupo do commonwealth, agora com os militares, e eles querem derrubar a rainha e tomar o poder, algo assim do tipo, e para isso queriam matar a princesa e substituir pela Ange, ou no minimo matar ela. Posso ter entendido algo errado ou deixado passar algo, mas foi um episódio mais "confuso".

A Ange até tentou salvar a princesa, mas aquele discurso da princesa, falando que era para a Ange fugir sozinha e não meter a vida dela no meio foi bem interessante, parece bem fora de atitude, mas a princesa acima de tudo quer ser princesa, ou melhor, rainha, e por isso não concorda com a Ange. Tanto que deixou ela pra trás e voltou.

Ela ter voltado fingindo ser a Ange foi interessante, como se a princesa tivesse sido morta mesmo e substituída ali já, inteligente eu diria. Foram varias trocas de quem era quem durante o episódio, isso as vezes confunde.

Esse episódio foi mais para construção do final, espero um episódio final fantastico, com a obra vem sendo até então.

Nota: 3,5/5

-----------------------------------------------------------------------------------------

Comentários de outros episódios: Link

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Guest Post: Crítica: Sword Art Online - Ordinal Scale


(Post escrito por Carlos Dalla Corte do Blog Delírios da Madrugada)

4 anos se passaram desde que Asuna e Kirito se conheceram. 2 desde o final dos acontecimentos em Aincrad, que deu o marco inicial na trajetória deste que hoje é um gigante da indústria dos animes, hit de vendas em todas as plataformas, que angariou um número indizível de fãs inclusive fora da terra do sol nascente.

Culminando, logo, em seu primeiro longa metragem lançado na tela grande, "Sword Art Online: Ordinal Scale", que, com um material original, obviamente para não interferir na linha narrativa principal, cuja deverá seguir em sua terceira temporada em breve, busca expandir nosso contato com o universo SAO, trazer novo público, através de uma trama compreensível sem um maior pré-entendimento da história, assim como retratar o avanço tecnológico do Japão, agora em 2026, substituindo a imersiva realidade virtual que vimos em SAO e ALO para uma realidade aumentada, onde, através de um dispositivo focal, os jogadores enxergam os monstros no mundo real, como se víssemos, por exemplo, as criaturas de Pokémon Go em nossa frente não pela tela do celular, mas fisicamente.

Infelizmente, o que não avança, em termos de maturidade, conteúdo e texto, é a própria obra. Kawahara Reki achou a essência que agrada aos fãs e, mesmo com os furos e abordagens questionáveis, por imposição editorial ou conforto pessoal, estagnou a trama para a levar, o maior tempo possível, sem alterações, um esquema que vemos em longevas séries de sucesso, como Dragon Ball, Pokémon e até Shingeki. Curiosamente, até mesmo Naruto apresenta maior crescimento interno juntamente ao cronológico.

Com isto, assim que nos é apresentado uma nova dimensão de jogos, que permitem batalhas no mundo real e, logo, se apoiam nas condições físicas dos participantes, mesmo que o protagonista inicialmente seja receoso em adentrar uma nova plataforma, é apenas óbvio que fará, sendo apenas questão de tempo, paciência e a circunstância certa. Fica claro, também, que algo dará errado, pois SAO, sem a urgência tátil, perderia qualquer valor. SAO não permitia revives, ALF colocava a saúde Asuna em jogo, assim como GG o fazia com Shino, enquanto Mother's Rosario fez um sensível conto sobre um adeus real.

Portanto, Ordinal Scale já começa com o maior problema não apenas de SAO em si, mas de seus companheiros de gênero: a previsibilidade. E o que encantava e impressionava, mesmo que não inédito, no primeiro e famigerado arco da Aincrad, é reciclado com atenuantes e alterações tímidas. SAO é a eterna fórmula de si mesmo, o que consequentemente o levará à ruína, pois o público que cresce e se enfastia sempre será maior que o número de novos iniciados.

Claro que para quem ainda abraça o espírito de SAO, o filme é tudo que poderia se esperar. Duas horas de fanservice. Dentre as quais, não me entenda como ranzinza, há sim elementos de destaque. O mais óbvio seria avaliar as batalhas, que são muitas, e menos na animação, mais na sua construção, deslumbrantes. Enquanto que na série muitas vezes as lutas em meio ao anime ofuscavam a final, aqui temos uma evolução gradual do nível dos vilões, assim como de Kirito, que tem de melhorar habilidades não necessárias em seus jogos de aptidão passados. Mas mesmo estes detalhes que acabei de elogiar trazem seu ônus, pois Kirito, por mais que não seja a personificação gamer de Deus de outrora, é convenientemente alavancado em posições de maior poder em tempo absurdo para ser crível. E qualquer um que tenha entrado em algum MMO consolidado sabe as dificuldades de se obter êxito e relevância. Algo que também era necessários nos títulos já conhecidos do próprio SAO. É quebrada a lógica particular por pertinência.

Outro fanservice trabalhado é a relação de Kirito e Asuna, sem grande espaço para outras figuras, que mais servem como figurantes de luxo ou, não raramente, referências rápidas a arcos anteriores.

A química entre Kirito e Asuna, não seria exagero dizer, excedeu a condição de anime de ação a Sword Art Online, o que garantiu não apenas episódios próprios, o que seria impensável em qualquer outra adaptação voltada ao público masculino e que anseia por batalhas, não afagos, como um foco exacerbado. O segredo para isto, infelizmente, está no esvaziamento da personagem de Asuna, um processo agressivo e que atingiu contornos ridículos em Fairydance, quando protagonizou uma fábula obsoleta e constrangedora de dama em perigo.

Que a garota é visualmente um espetáculo e minuciosamente desenhada para servir de ideal feminino tanto dos Otakus quanto dos personagens animados, é algo deliberado, afinal, faz dinheiro e atrai atenção. Há, inclusive, um aplicativo na PlayStore onde ela serve de despertador para marmanjos. Mas é inaceitável a estrada que deram para Asuna durante o andar da carruagem. E o mais lamentável é como o autor parece orgulhoso e disposto a laboriar mais e mais nisto. Um problema social e cultural do Japão e, logo, do nicho otaku, como vemos em muitos animes de temporada.

O que, de forma alguma, justifica novamente seu papel de coadjuvante fragilizada, os closes abusados e a submissão a Kirito, que novamente recebe o logro do herói onipresente e capaz de tudo para resgatar sua débil amada.

Ainda que encante aos olhos, esporadicamente, SAO decepciona mesmo nisso. 90% do orçamento parece concentrado no - empolgante - clímax, enquanto que as cenas cotidianas, ou slice of life, são filmadas majoritariamente de longe, justamente para dificultar a visão de inconsistências no traço e a rigidez da animação. Esse desequilíbrio de qualidade dentro da própria película faz questionar por qual razão, então, estender tanto sua duração e por que não cortá-lo de modo a dar mais privilégio a momentos que envolvem lutas. Se faria mais

É uma miríade de escolhas erradas, algumas corretas, que acabam sombreadas. Um presente aos fanáticos menos críticos, uma chance desperdiçada aos que ainda buscam ter interesse na saga, e um novo pedido de desistência aos detratores masoquistas.  

Animes Mais Esperados da Temporada de Outono (Outubro) de 2017





Fala pessoal, nesse post eu vou trazer e comentar brevemente como está o hype para a próxima temporada de animes. Eu fiz uma tabela listando os hypes, e separando colunas com e sem continuações, prequels e afins. Os animes com nome em vermelho são continuações e afins. A pesquisa japonesa foi pega do site Charapedia.


Rapidamente, algumas coisas da lista estão "erradas". Digo, o Japão listou o segundo cour de Youkai Apartament como um novo anime, e listou Inazuma Eleven, que não vai sair nessa temporada. No ocidente em compensação não pude considerar Mahoutsukai no Yome, que o MAL lista como um anime de julho, o que não é verdade. E como, pro MAL, ele já foi ao ar, não da pra contar hype.

Comentando brevemente (no vídeo é mais detalhado), vemos que é uma temporada em que as continuações estão dominando. Gintama novo, Kekkai Sensen e Umaru-chan com hype tanto por aqui quanto no Japão. Porém, vemos que por aqui Shokugeki no Souma faz bem mais sucesso, ao menos o anime, já que o manga é popular por lá, mas o anime nem aparece no top 20.

Dos animes "novos", Black Clover domina por aqui e por lá, visto que é mais um battle shounen clichê, e isso sempre faz sucesso (espero errar nesse como errei em BNH quanto ao clichê, veremos). Por aqui Dies Irae esta chamando bastante atenção, mesmo sendo adaptação de VN, que é bem mesmo difundida, mas por lá não está nem no Top 20.

Just Because e Inuyashiki também chamando mais atenção por aqui. Enquanto no Japão o anime de Imouto chama mais atenção (eee japoneses e seu gosto por incesto irmãs mais novas fofas). 

Do meu hype, fico com Kino no Tabi novo como maior hype (se você não viu o antigo, veja, não é necessário para esse, mas é fantástico, uma obra prima), e depois Shokugeki 3. Além dos dois, Just Because, Mahoutsukai, Dies Irae,, Kujira no Kora, Juuni Taisen, Inuyashiki e talvez mais algum ou outro. Diria que é uma boa temporada.

E vocês, o que estão mais hypando?

Novo PV e Detalhes da Nova Adaptação de "Ginga Eiyuu Densetsu (LoGH)" liberados!

O site oficial do novo anime de Ginga Eiyuu Densetsu, atualizou e revelou detalhes. O título oficial do novo projet será Ginga Eiyuu Densetsu: Die Neue These e receberá uma série de anime para a TV intitulada Kaikou na primavera (abril) de 2018 com 12 episódios e uma trilogia de filmes intitulada Seiran em 2019. Cada parte da trilogia do filme consistirá em quatro episódios para um total de 12 episódios. O elenco e os membros da staff também foram anunciados.

Staff:
Diretor: Shunsuke Tada (filme "Bungaku Shoujo", Kuroko no Basket Series)
Series Composition: Noboru Takagi (Durarara !!)
Design de personagens: Youko Kikuchi (Phanton: Requiem for the Phanton), Iwao Teraoka, Kei Tsushima (diretor de animação de Kuroko no Basket)
Diretor de animação principal: Takayuki Goto (Blood-C)
Diretor Especial de Habilidade: Atsushi Takeuchi (design mecânico Guilty Crown)
Design Mecânico: Atsushi Takeuchi, Shinji Usui (009 Re:Cyborg), Shinobu Tsuneki (Atom: The Beginning)
Design Mecânico Original: Naoyuki Kato (arte de Ginga Eiyuu Densetsu)
Estúdio: Production I.G (Psycho-Pass, Guilty Crown)
Supervisão: Wright Staff
Cooperação de Planejamento: Kitty Entertainment
Cooperação de Produção: Tokuma Shoten, DMM pictures
Produção: Shochiku, Production I.G

Elenco:
Reinhard von Lohengramm: Mamoru Miyano (Ajin)
Wen-li Yang: Kenichi Suzumura (Uchuu Senkan Yamato 2199)
Siegfried Kircheis: Yuuichirou Umehara (Young Black Jack)
Narração: Yoshimitsu Shimoyama (Utawarerumono)

PV 1


Comentários: Design bem diferente dos originais, como era de se esperar. Não vi muito problema, nem quanto ao fato do CG nas naves, creio que naves em CG não ficam ruins, e o trailer mostrou isso, o CG está até bem bonito. O estúdio já tinha sido revelado, é um bom estúdio, o resto da staff também é boa, felizmente. Problema é que ao todo teremos 24 episódios para adaptar 10 volumes, considerando que eles irão adaptar tudo, não tem tempo suficiente, se forem, vai ser algo bem rushado. Mas terminar em aberto também seria bem ruim, não sei como vai ficar no geral, mas esperava mais episódios para a obra.

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Comentários Semanais: Kakegurui #11



Finalizando o arco do cara do conselho que eu definitivamente não me importo o suficiente para lembrar o nome, temos novamente mais um truque de mestre da Yumeko, dessa vez somado com a Sumeragi. Kakegurui definitivamente não é sobre a tensão da partida, visto que é quase sempre certo que a Yumeko vai ganhar, e sim como ela vai fazer para ganhar. Nesse episódio estava ultra obvio a partir do momento que ela descartou o par de rainhas e o outro cara achou que ela ia pela mão mais fraca, ai ficou obvio que ela estava com um bom jogo em mãos.

O episódio tentou nos enganar até o final que a Yumeko estava colocando terror psicológico na Sumeragi e fazendo ela assim apostar até a própria vida. Isso o episódio fez bem, eu realmente não imaginei que elas estavam planejando isso já, visto que vindo da Yumeko, qualquer coisa por uma aposta alta ela vai gostar, então era plausível acreditar nisso.

Não achei muito necessário ela arrancar as próprias unhas em uma mordida, alem de ser fisicamente impossível e doer horrores. Primeiro, ela, se ia apostar a vida, não precisava arrancar as unhas, foi mais um show off para mostrar que ela estava maluca e enganar ainda mais o cara. Segundo, arrancar as unhas assim não é muito provável fisicamente, nossa boca tem força até para arrancar um dedo, mas existe um auto-controle para não fazer coisas do tipo. Terceiro, essa cena serviu mesmo para chocar quem assistia, e confesso que funcionou um pouco por ter sido bem inesperada. Mas no geral, mais uma exibição do que algo necessário.

Engraçado foi ver a face do cara do conselho quando ele viu que era a presidente ali, isso foi muito bom. Basicamente não só ele confessou que queria tomar o poder do conselho, em um belo coup d'etat, como também ela aceitou apostas com a vida, o que fez ele ter que apostar a dele também para dar counter, e poder "vencer" a Yumeko, visto que ele só achava que venceria se ele escolhesse se seria a melhor ou a pior mão, coisa que o "protagonista" já tinha percebido antes e falado, e a Yumeko deveria saber desde a primeira mão.

No fim era obvio que a Yumeko ia vencer assim, enganando o cara do conselho, ficou obvio no começo do episódio já. E a ideia toda, a Sumeragi ter feito o teatrinho, foi legal, mas não achei nada de tão especial assim, e bem simples para falar a verdade. O anime ainda tentou mostrar um pouco do passado dele, com o pai dele, mas a verdade é que ninguém ligava muito para esse personagem.

Mas não entendi porque depois dele perder ele desmaiou, ou morreu, mas acho que só desmaiou mesmo, e ainda por cima o cabelo dele mudou de cor, para branco. Ele quebrou, tudo bem, mas isso não afetaria uma condição física dele assim. Enfim, um detalhe só para ficar bonito.

E o final do episódio deu a entender que a Yumeko irá finalmente ter seu jogo com a presidente do conselho, isso pode ser muito interessante, mas um episódio só para isso não deve sair nada de tão especial, ou terminar muito em aberto, espero que não.

Foi um episódio divertido de assistir, tenso em alguns momentos, diria que o Kakegurui consegue ser, mas a conclusão do jogo foi relativamente simples.

Nota: 3,5/5

----------------------------------------------------------------------------------

Comentários de outras semanas: Link

Japoneses escolhem os Melhores Animes "Grotescos"!!


Os leitores do Goo Ranking, um site japonês, escolheram as melhores obras "grotescas" ou com gore na opinião deles. A lista é composta de 20 animes:

A lista completa é:


  1. Shingeki no Kyojin
  2. Tokyo Ghoul
  3. Higurashi no Nako Koro Ni
  4. Mahou Shoujo Madoka Magica
  5. The End of Evangelion
  6. Psycho-Pass
  7. Hokuto no Ken
  8. GANTZ
  9. School Days
  10. Devilman
  11. Blood-C
  12. Parasyte
  13. Corpse Party: Tortured Souls
  14. Akame ga KILL!
  15. Another
  16. Grisaia No Kaijitsu
  17. Highschool of the Dead
  18. Blood+
  19. Kara no Kyoukai
  20. Shiki
Bem, a lista pode ser bem controversa. A ideia da lista era escolher os animes mais grotescos que merecem ser assistidos, mas não sei se eu concordo muito com a lista. Existem sim animes ai com um teor de gore mais pesado, mas alguns não fazem muito sentido fazerem parte dessa lista, obras que praticamente não tem sangue ou gore mesmo, e estão aqui. Bem, foi um voto popular, as obras que ganharam são, antes de mais nada, obras populares, então era de se esperar um resultado do tipo.


segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Comentários Semanais: Made in Abyss #11

 
  Olá pessoas é o nate
voltamos com mais uma review do episódio onze, do
Made in Abyss, nessa semana a gente se aprofunda um pouco na história da Nanachi, e como sempre o episódio não me decepcionou, se você não viu a última review clica no link abaixo, da decepção em forma de trem.



Nanachi 
     O episódio começa com a Nanachi se preparando pra ajudar a Riko, eu realmente acho que ela ajudando era importante na sobrevivência dos dois, a gente viu que o Regu estava extremamente sem chão e desesperado, ele realmente não tinha condição de ajudar ela naquele momento.

   Dá perceber por esses minutos iniciais, que a personalidade da Nanachi é muito sarcástica, reservada e sincera.
   Ela de durante o episódio todo joga farpas no
Regu, e diz que ele parecia uma criança chorona durante o momento que a Riko estava em perigo(oque não é mentira), por isso que ela se aproximou pra ajudar eles, por pena.

     Ela tem que administrar um remédio, não sei se é um antidoto talvez um antibiótico, mas como a Riko não está consciente, ela tem que inserir no ânus dela(novamente as referências a cu) a cara do Regu vendo essa cena é perfeita.


    Não sei se vocês assistindo essa obra tem a mesma sensação que eu tenho, mas é uma obra com um traço bem infantil, com certas cenas bem leves mas com um enredo tão pesado, as vezes vendo alguns episódios eu me sinto muito mal, não que o anime seja ruim é que é tão bem balanceada, que te pega extremamente de surpresa com esses momentos tensos.
   No ultimo episódio por exemplo, a vibe estava bem aventureira e descontraída quando a Riko foi atingida, e a gente como espectador acorda e vê que a historia não é tão cheia de flores, e boas aventuras assim eu diria sim que ele tem essas características, mas é extremamente realista em contraparte.

   Voltando a situação, o
Regu ouve um barulho no quarto na casa da Nanachi e quando ele vai checar, ele se depara com um monstro por quem a ela tem muito apresso, esse monstro parece um iogurt que ficou muito tempo no sol...em chernobil é claro.


   Ela faz referencia a criatura como "Minha fofinha Mitty", oque me faz responder uma das minhas teorias do último episódio e criar outra.
   Com toda certeza se a Nanachi tem muito apego a essa irreal, quer dizer que antes dela virar uma irreal, ela realmente tinha um laço muito forte com ela então, ver a sua amiga se transformar e um bicho deformado e sem vontade na sua frente, deve ser algo que traumatiza e deve ser algo que marca a pessoa, talvez fazendo com que ela mude um pouquinho, e consiga lidar com situações merdas com maior facilidade, já que passou por coisas piores.
    Foi exatamente isso que eu sugeri no ultimo episódio, que ela tinha visto algumas merdas, pra conseguir lidar com situações fodas de uma forma mais
"fácil".

   Pra não me esquecer também no começo do episódio, a
Nanachi tem um flashback dela olhando uma menina ruiva, que com toda certeza é a criatura.


Na imagem não da pra ver se a Nanachi era uma irreal já,mas isso eu vou abordar um pouquinho pro final da review, mas a semelhança do olhar da Mitty e dessa garota ruiva das memorias dela, é notável.
   Eu sinto que a Nanachi vê o relacionamento do Regu e da Riko, muito parecido com o dela e da Mitty, sinto que ela se sentiu muito incapaz de ajudar a amiga, como o Regu se sentiu também quando não pode ajudar a Riko, mas os dois por motivos diferentes, ele por não ter as capacidades emocionais e resposta rápida, e ela talvez por não conseguir lutar contra a maldição do abyss.

  Nessa cena também, ela diz que não pode aparecer muito por pessoas, que talvez queiram estudar ela já que ela é uma irreal, que ainda tem bastante das capacidades motoras, e ainda mantem a consciência.
   Logo em seguida ela dá uma lista de coisas que ele tem que pegar, pra que ela ajude a
Riko a se curar.



O compilado de cenas são bem legais, e mostra bastante de algo que eu gosto muito nesse anime, a diversificação da fauna e flora e como eles constroem bem esse mundo.
Durante essa saída a gente é presenteado com outro
flashback da Nanachi, que ela se lembra quando olha pro apito branco da Riko.
   Nessa cena um apito branco, diz pra celebrar o sucesso do experimento, alem disso soar muito maligno é só olhar pro apito dele, é claramente um apito de um vilão.
  A minha teoria é que quem quer seja esse apito branco, faz experimentos e talvez conduziu um experimento com a Nanachi e com a amiga dela, quem sabe com um monte de criança, a maioria não deve ter suportado ou talvez só a Nanachi, suportou por isso quando ela disse em uma parte do episódio, "eu sou uma exceção..." ela deve ter se referido ao fato, que sobreviveu ao experimentos que sofreu?!

  Enfim o
Regu retorna e trás tudo, descobre que na verdade a Nanachi só precisava de uma dos itens, e que o resto era pro almoço dela, e encontra também a Riko nua na cama.



  Depois de dar uma explicada no que ela ia fazer pra curar a Riko, ela pede pra o Regu limpar as roupas dela em um rio próximo, e lá ele tem a visão de um campo de "Sorte eterno" ele meio que alucina, como se ela estivesse no suposto campo aonde a Lyza foi enterrada.


  Essa cena eu realmente não intendi muito, eu acho que tem haver com o fato que ele já encontrou a Lyza, o campo pode ter lembrado a ele o encontro com ela.


                                COISAS QUE EU VOU LEMBRAR:

                         Quando um leproso quer me beijar



Conclusão:

    Como o nome do próprio episódio diz, ele foi focado na Nanachi e como ela é inteligente, e bastante instruída na medicina do Abyss, achei que esse episódio teve bastante Flashbacks, e provavelmente no próximo episódio a gente vai ter mais resposta sobre, oque está acontecendo com a Nanachi, e oque já aconteceu com ela
       Eu tive bastante dificuldade de fazer piada com esse episódio, não sei porque pra mim ele foi muito tenso, principalmente com a teorias que eu montei na minha cabeça após ver ele, como sempre o anime não falha em te dar um soco na barriga, com a tensão e tema adulto.




Bom pessoas é isso semana que vem estamos ai, pra ficar tensos pelo oque essas crianças estão passando, se você teve alguma outra teoria sobre esse episódio, ou tem algo a adicionar sinta-se livre pra comentar sobre.

Até a próxima beijinhos e fique com Madoka.



Nota:4.5/5

domingo, 17 de setembro de 2017

TAG: 5 mangas que merecem ser publicados no Brasil



Versão em vídeo (Mais detalhada):


Fala pessoal, dessa vez estou trazendo um novo estilo de post e apresentando uma nova parceria pro blog, a Blogosfera Otaku Br. Basicamente é uma junção de blogs e canais no youtube de anime e mangas, e todo mês teremos uma TAG nova para participar.

Dessa vez vou comentar sobre mangas que merecem ser publicados no brasil. Tentei olhar principalmente pela popularidade, já que eu leio poucos mangas. Comentarei brevemente aqui, mas para uma versão mais detalhada, assista o vídeo!

1- Shokugeki no Souma


Sinopse da Obra: O sonho de Yukihira Souma é se tornar um chef em tempo integral no restaurante do seu pai e superar a habilidade culinária do mesmo. Mas, assim que Yukihira se forma no ensino médio, seu pai, Yukihira Jouichirou, fecha o restaurante para cozinhar na Europa. Embora deprimido, o espírito de luta de Soma é reavivado por um desafio de Jouichirou que é sobreviver em uma escola de culinária de elite, onde apenas 10% dos estudantes conseguem sua graduação. Será que Soma pode sobreviver ao desafio?

Shokugeki no Souma é um manga extremamente popular tanto no Japão quanto por aqui. É um manga da Shounen Jump, da qual as obras mais populares por aqui saíram. E tem um tema um pouco diferente do comum, focando em batalhas como em um tipico anime Shounen, mas dessa vez com comidas. Tem também o fato que as comidas, quando muito boas, fazem as pessoas terem "orgasmos" e se despirem, mas isso vai diminuindo com o tempo, assumindo um tom mais serio na obra, mas a comédia sempre existe. 

É um manga extremamente divertido, muito empolgante, e a comédia é bem colocada, além dos personagens muito carismáticos. Não é uma obra feita para se levar muito a serio, mas creio que daria uma boa publicação aqui no Brasil.

2 - JoJo no Kimyou na Bouken (JoJo's Bizarre Adventures)



Sinopse da obra (ao menos da primeira parte, já que atualmente são 8 com histórias únicas com algumas correlações): A família Joestar, uma das mais tradicionais e ricas famílias do mundo, acaba adotando o jovem Dio Brando, um garoto que possui um passado no mínimo misterioso. Porém os anos vão passando e Jonathan Joestar, o filho do patriarca da família, percebe que Dio não é quem todos pensavam que era. A partir daí começam incríveis batalhas envolvendo todos os Joestar e as “bizarras” criaturas que começam a aparecer em seus caminhos.

JoJo's é outra de uma das obras mais populares tanto por aqui quanto pelo Japão. Está em publicação desde 1986 na Jump, a maior revista do Japão, e atualmente está na oitava parte. Jojo's é muito conhecido por seu estilo único, com design diferenciado, personagens bizarros e suas poses, e por ai vai. É uma obra unica, que mesmo depois de 30 anos, continua fazendo muito sucesso no Japão. Eu não leio o manga, confesso, mas sei que existem inúmeros fãs que adorariam ver a obra publicada por aqui, então acho que seria uma boa opção.

3 - Sword Art Online: Progressive



Sinopse da Obra: "Este jogo é impossível de se finalizar. É só uma questão de quando, onde e como você irá morrer." O jogo da morte incrivelmente difícil de Kayaba Akihiko já custou 2.000 vítimas em um mês. Este mangá é uma adaptação da light novel remake do primeiro volume de Sword Art Online, o arco do Aincrad a partir de um ou dois dias antes da luta com o chefe do primeiro andar, e continua em diante mostrando andar por andar em detalhes.

Todo mundo conhece SAO, um dos animes mais populares do ocidente, há quem ame, há quem odeie, mas não se pode negar a popularidade. Sword Art Online originalmente é uma Light Novel, assim como a versão Progressive, mas essa última tem um manga, e eu creio que seria uma boa publicação. 

A grande diferença do Progressive pro original é que ao invés de mostrar o arco aincrad, o primeiro, em um único volume, pulando vários andares, aqui a obra cobre andar por andar, mostrando o que acontece com o Kirito e Asuna, e como é a relação deles. É, na minha opinião, muito melhor que a obra original, visto que é muito melhor desenvolvido e mais interessante como um todo.

Creio que faria muito sucesso por aqui, por ser Sword Art Online e pegar a sua popularidade, então acho que é sim uma boa opção.

4 - Haikyuu


Sinopse da Obra: Hinata Shouyou, ao ver uma partida de voleibol, fica fascinado com “o Pequeno Gigante”, um habilidoso jogador de vôlei, então decide juntar-se ao clube de vôlei de sua escola, no entanto ele é o único membro do clube. Após 3 anos ele finalmente completa o time e ruma para a disputa do Torneio de Primavera. No entanto seu primeiro oponente de cara é o preferido das finais. É neste momento que ocorre o encontro de Hinata com Kageyama Tobio, o “Rei das quadras”. Embora tenham perdido a partida, Shouyou ainda está determinado a tomar o título de Kageyama, e ser aquele que permanece na quadra. Ao entrar na escola secundária, ele surpreende-se ao ver que ele e Kageyama, antes adversários, estão agora na mesma escola e clube!

Mais uma obra da Jump, e como eu visei popularidade, nada melhor que escolher a Jump para isso. Dessa vez uma obra de vólei, um esporte bem diferente do comum por aqui, mas creio que seria uma boa opção. É uma obra muito popular por aqui, e também é uma obra muito boa, pelo que eu leio e ouço falar, visto que não leio a obra. Creio que seria uma boa opção, e mangas de esporte são raros por aqui.

5 - Oyasumi Punpun



Sinopse: Punpun é uma criança como todas as outras. Alegre e hiperativo, ele passa por muitos conflitos em sua vida, assim como qualquer outro ser humano. Essa é a história sobre a vida de Punpun, superando seus obstáculos e as adversidades que o mundo lhe traz.

Terminando a lista com a obra prima de Inio Asano. Uma obra que possui uma das melhores avaliações no ocidente, e que é muito adorada, alem de ser bem diferente das outras que eu citei aqui até então. Um drama psicológico que chamou muita atenção. Mas, infelizmente, das obras citadas até aqui, essa serie provavelmente a com menor chance de ganhar adaptação, visto que é de um estilo bem diferente do que é normalmente publicado no brasil e vende bem, por isso eu foquei em citar shounens. Enfim, uma pena, já que essa obra eu creio que ainda assim venderia bem, e com certeza é uma boa obra. 

Resumo Semanal de Notícias #37: De 10/09 a 16/09



Manga sobre Garota com Poderes Sobrenaturais e Membro da Yakuza, "Hinamatsuri", terá anime para a TV em 2018!

Foi anunciado que o manga Hinamatsuri de Masao Ohtake receberá uma adaptação em anime para a TV na Primavera (abril) de 2018.

Sinopse: Uma noite, um objeto estranho cai na cabeça de Nitta, um membro do yakuza. Dentro da caixa está uma jovem estranha chamada Hina. Ela tem enormes poderes sobrenaturais, e Nitta encontra-se relutantemente levando-a. Seus poderes podem ser úteis para seu negócio de yakuza, mas ele corre o risco de ela usá-los nele! Para não mencionar, se ela não usa seus poderes, ela ficará brava e destruirá tudo à sua volta. A vida estranha de Nitta e Hina juntos está apenas começando ...

A série é desenhada por Masao Ohtake, que começou sua serialização em junho de 2010 através da revista Fellows da Enterbrain!, e ainda continua depois que a revista mudou seu nome para a Harta em 2013. A série atualmente possui 13 volumes publicados, com o último lançado em 15 de setembro.

Dois OVAs de Kujira no Kora wa Sajou ni Utau Anunciados!

O site oficial do anime de televisão Kujira no Kora wa Sajou ni Utau anunciou que a série será distribuída em dois Blu-ray Box e DVD-Box que serão lançados em 26 de janeiro e 23 de março do próximo ano, e que cada caixa irá agrupar um novo OVA elaborado pelo Mangaka original, Abi Umeda. Mais informações sobre o OVA serão anunciadas no futuro. A série será transmitida aos domingos às 11:00 p.m (JST). via Tokyo MX a partir de 8 de outubro, seguido de KBS Tokyo, Sun TV e BS11. A Netflix também transmitirá o show a partir de 8 de outubro no Japão e no mundo em 2018.

Sinopse da Obra: Chakuro é o arquivista de 14 anos da Baleia da lama, uma ilha quase-utópica que flutua sobre a superfície de um mar infinito de areia. Nove em dez dos habitantes da Baleia da lama foram abençoados e amaldiçoados com a capacidade de usar saimia, poderes especiais que os condenam a uma morte precoce.
Chakuro e seus amigos tropeçaram em outras ilhas, mas nunca se encontraram, viram, ou mesmo ouviram falar de um ser humano que não era da sua ilha. Um dia, Chakuro visita uma ilha tão grande quanto a Baleia da lama e encontra uma menina que mudará seu destino.

Kujira no Kora wa Sajou ni Utau iniciou sua serialização via Mystery Bonita (bonita mesmo, vai entender) em junho de 2013. A série atualmente possui nove volumes, com o último lançado em 16 de março. Ficou em decimo nos 20 melhores mangas para o publico feminino no 2015 "Kono Manga ga Sugoi!", assim como foi nomeada em "Tsugi ni Kuru Manga Taisho".

Serie "Robot Girl Z" Terá novo Mini Episódio!

O site oficial da franquia Robot Girl Z anunciou que haverá um novo episódio incluído em uma Blu-ray box, que será lançada em 10 de janeiro de 2018. A Blu-raybox  também incluirá todos os episódios do Robot Girl Z e a segunda temporada Z Plus.

Haverão três personagens (Team M) para o novo episódio intitulado "Fukkatsu no Chika Teikoku!? Robot Girl Z vs. Nazo no Sandai Shuyaku Robo!", que os membros do elenco serão revelados mais tarde.

Robot Girl Z é um novo projeto de anime da Toei Robot Girls, uma versão feminina de vários animes de heróis da Toei Animation: "Gaiking: Legend of Daiku-Maryu", "Wakusei Robo Danguard Ace", "Magnerobo Ga-Keen" e "Choujin Sentai Baratack". O lançamento da caixa de Blu-ray foi anunciado para celebrar a estréia do filme Mazinger Z.

Sinopse da Serie: A história é baseada na franquia Mazinger Z e UFO Robot Grendizer e gira em torno de três meninas. Normalmente, elas realizam suas atividades ao redor do Distrito de Nerima em Tóquio, para elevar a conscientização da fonte energia promissora do futuro, Photon Power. No entanto, há ocasiões em que os grupos de meninas Mechanical Beast e Subterranean Empire tentam roubar essa fonte de energia. Assim, a “Equipe Z” tem que combatê-las para evitar isso, embora às vezes elas simplesmente batem nas meninas más para aliviar o stress.

Web Manhua sobre Prisão para Viciados em Internet, "Lixiang Jinqu", Terá Anime para a TV em Outubro!!

Um site oficial do Emon abriu e anunciou que o web manhua Lixiang Jinqu de Zhannan Li receberá uma adaptação em anime para a TV. Sob o título de Evil or Live, o anime será transmitido às quartas-feiras 1:41 da manhã via Tokyo MX a partir de 11 de outubro de 2017.

Sinopse:: Existe uma certa doença para meninos e meninas adolescentes.
Solidão, coração rebelde, sendo excluído dos amigos e viciado na Internet e aos dispositivos eletrônicos.
A doença está sendo chamada de Vício na Internet.
Uma instalação é construída para "liderar os jovens para a estrada correta novamente"
Um dos pacientes fortemente viciados chamado Hibiki espera na instalação não uma educação de reabilitação, mas uma prisão.
Será que a Hibiki poderá escapar da desesperança da prisão que não se pode fugir!?

Staff:
Edição do Manga: Yanggao An
Produtor executivo: Shan rou gai fan, Mi Chong
Diretor: Dongyi
Produtor de Animação: Yuan Chang, Weiwen Chen
Diretor de Arte: Zheng Zhe Lin
Estúdio: Emon
Produção: Tencent / Evil Or Live Production Committee
Música Tema de abertura: "Soredemo Boku wa Iketeiru" de Noemcore

Elenco:
Lixiang (Hibiki): Shinichirou Ueda (Aku no Hana)
Meng Jin (Shin): Kouki Uchiyama (Fate / Apocrypha)
Luo Zhi (Shiori): Chika Anzai (Escha Chron)

Lixiang Jinqu é um web manhua (manga chinês) de Zhannan Li que serializa n aTencent. Existem 155 capítulos lançados até então.

PV: Link

Site oficial: http://evilorlive.jp/
Twitter oficial: @evilorlive

Comentários: Staff bem ruim no geral, e a sinopse parece bem cringe, mas confesso que fiquei curioso para ver o que pode sair daqui.

Curta "Blade Runner Black Out 2022" Anunciado



A conta oficial do Twitter japonês da série de filmes Blade Runner revelou através de uma prévia na sexta-feira que Shinichiro Watanabe (Cowboy Bebop, Samurai Champloo) dirigirá um anime curta chamado "Blade Runner Black Out 2022". O curto será lançado em 26 de setembro.

Se passando no ano de 2022, o anime curta irá preencher a lacuna de 30 anos entre o filme Blade Runner original, que acontece em 2019, e a continuação Blade Runner 2049, que será estréia nos cinemas japoneses em 27 de outubro. A história irá concentrar-se em um grande apagão na costa oeste dos Estados Unidos.

Staff:
Diretor, Script: Shinichiro Watanabe (Cowboy Bebop, Samurai Champloo)
Design de personagem, Diretor de Animação: Shukou Murase (Mobile Suit Gundam Wing)
Música: Flying Lotus
Estúdio: Cygames Pictures

Elenco:
Iggy: Kenichirou Matsuda (Ghost in the Shell: Arise)
Trixy: Ichiko Aoba
Ren: Makoto Furukawa (One Punch Man)

PV: Link

Anime Original sobre Batalha Lendária entre Mordomos, "Butlers: Chitose Momotose Monogatari", Anunciado

Um site oficial da Silver Link. abriu e anunciou um anime de TV original chamado "Butlers: Chitose Momotose Monogatari". Há onze personagens revelados, com dois membros do elenco anunciados até agora. A série está programada para o Inverno de 2018.

Sinopse:
Com grande cerébro, olhos limpos e sobrancelhas e sorriso refrescante, Kouma Junguuji (Jay), presidente do conselho estudantil, atrai meninas.
Múltiplas habilidades, amáveis ​​e honestas, Tsubasa Hayakawa (Hayakawa), o popular garçom do café, pode desenhar coruja em um café latte.
Esses dois caras são rivais destinados que cruzam o tempo !?
A batalha de super poder e a comédia da escola ocupada entre os personagens chamados de mordomos começam!
Mil anos de relações de sangue e cem anos de pensamentos entrelaçados.

Staff:
Diretor: Ken Takahashi
Series Composition: Megumi Shimizu (roteiro de Urara Meirochou)
Design original de personagens: Fujiko Kosumi (Hiiro no Kakera: Mezame no Toki art)
Diretor de Som: Masaki Tsujiya (Isekai Shokudou)
Música: TOMISIRO (Hoozuki no Reitetsu)
Produção Musical: Lantis
Estúdio: Silver Link. (Baka to Test, Strike the Blood)
Produção: Butlers: Chotose Momotose Monogatari Project

Elenco:
Kouma Jinguuji (Jay): Tatsuhisa Suzuki (Free!) 
Tsubasa Hayakawa (Hayakawa): Takuya Satou (Nana Maru San Batsu) 

PV 1: Link

Twitter oficial: @butlers_anime

Comentários: Staff mediana, o estúdio até se sai bem, se não pegasse tantas obras. Diretor que é um problema, por ser totalmente inexperiente. Quanto a obra em si, algo meio diferente, parece bem focado ao publico feminino, tem design de jogo Otome e tudo mais. Talvez saia algo divertido daqui. Ao menos algo com classe deve sair.

Light Novel "Shichisei no Subaru" Terá Anime



A página especial da light novel Shichisei no Subaru revelou que a série receberá uma adaptação em anime para a TV.

Sinopse: No popular "Union" do MMORPG existiu uma party lendária. O nome era Subaru. Esta party, composta por um grupo de amigos de infância e alunos do ensino fundamental, ultrapassou os limites do jogo com seus vários sentidos. No entanto, devido a um incidente que resultou em uma morte, "Union" terminou seu serviço e o grupo de amigos de infância foi separado ... 6 anos depois, o jovem Haruto iniciou sessão no novo 'Reunion' e se reuniu com uma única garota. Asahi - um dos antigos membros da party "Subaru" e sua amigo de infância que deveria ter morrido há 6 anos. Ela é um fantasma digital, ou ...?

A série é escrita por Noritake Tao desde agosto de 2015. Atualmente, tem cinco volumes, com o sexto volume programado para lançamento em 20 de setembro.

Web Manga "Gaikotsu Shotenin Honda-san" Terá Anime

O site oficial da revista Comic Gene da Kadokawa anunciou que o web manga de Honda, Gaikotsu Shotenin Honda-san, terá uma adaptação em anime. O terceiro volume apresenta o anúncio (foto) e será lançado em 27 de setembro.

O mangá, que gira em torno de um trabalhador de livrarias que virá  um esqueleto, começou sua publicação digital em agosto de 2015 via Gene pixiv. O primeiro volume compilado foi lançado no rótulo da Media Factory da Kadokawa em março de 2016. A série ficou no 12º lugar no 2017 Kono Manga ga Sugoi! Rankings entre leitores do sexo feminino.



Novo Manga da Serie "Z/X" Terá Anime em 2019
O evento Z/X Dream 2017 Autumn foi realizado no domingo e anunciou que um novo manga da franquia "Z / X" receberá uma adaptação em anime em 2019. O manga, intitulado "Z / X: Code Reunion" de Takuya Fujiya (Weiß Survive) com a história de Tatsuhiko Urahata (Aria), começará sua serialização via V-Jump em novembro, que será lançado em 21 de setembro.

"Z / X" é um jogo de cartas comerciais. Sua adaptação em manga, "Z / X: Zillions of Enemy X", serializado entre setembro de 2012 e outubro de 2016 com um total de seis volumes. Uma adaptação em anime baseada no manga foi exibida em 2014 intitulada "Z / X: Ignition".



Sinopse de Z/X Ignition: A história se passa em um futuro não tão distante. Cinco “pontos negros” de repente aparecem ao redor do mundo como portais para mundos paralelos. Imediatamente, estranhas criaturas começaram sua invasão a partir desses portais. Estas criaturas são os habitantes de cinco mundos – os mesmos mundos, em diferentes intervalos de tempo. A fim de assegurar o seu próprio futuro, cada uma das cinco forças de invasão batalha para limpar os outros futuros. A chave é um dispositivo em forma de cartão.

Pequenas Notícias:

- Novo PV de Black Clover liberado (Post Relacionado: Guia da Temporada de Outubro (Outono) de 2017)

- Nova Temporada de Gintama irá estrear dia 1° de Outubro (Post Relacionado: Guia da Temporada de Outubro (Outono) de 2017)

- Himouto! Umaru-chan R irá estrear dia 8 de outubro (Post Relacionado: Guia da Temporada de Outubro (Outono) de 2017)

- Novo PV de Urahara liberado, anime irá estrear dia 4 de outubro.

- Mahoutsukai no Yome terá serie de ONAs curtos que irão ao ar no twitter junto do anime (Post Relacionado: Guia da Temporada de Outubro (Outono) de 2017)

- Novo CM de DARLING in the FRANKXX liberado

- PV do novo filme Recap de Code Geass liberado, filme irá estrear dia 21 de outubro (Post Relacionado: Guia da Temporada de Outubro (Outono) de 2017)

- PV do OVA de Yama no Susume liberado (Post Relacionado: Guia da Temporada de Outubro (Outono) de 2017)

- Novo PV de Osomatsu-san 2 liberado (Post Relacionado: Guia da Temporada de Outubro (Outono) de 2017)

- Novo PV de Free! Take your Marks liberado (Post Relacionado: Guia da Temporada de Outubro (Outono) de 2017)

- Novo PV do primeiro filme de Eureka Seven liberado

- PV de Osake wa Fuufu ni Natte kara liberado (Post Relacionado: Guia da Temporada de Outubro (Outono) de 2017)

- Novo PV de Juuni Taisen liberado (Post Relacionado: Guia da Temporada de Outubro (Outono) de 2017)


---------------------------------------------------------------------------------------------------------


Notícias de outras semanas: Link
Proxima Inicio