quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Top 10 Piores Animes de 2016



Versão em Vídeo:



Fala pessoal, nesse post resolvi trazer um assunto polemico, os piores animes de 2016. Antes de tudo, essa não é minha opinião, eu peguei os dados a partir das notas dadas a animes no My Anime List, a maior Database de animes do ocidente, acho que ela serve bem como parâmetro para esse caso. No final do post eu coloco os que foram os piores para mim. Vou tentar comentar algo sobre cada anime, mas nada demais, já que muitos deles eu vi um episódio no máximo.

Algumas considerações para essa lista:
- Animes para a TV apenas;
- Curtas não entram (até porque se entrassem só teria curta na lista), no final eu coloco só a lista dos piores;
- Animes que terminaram em 2016;

É isso, fiquem com a lista e com minha opinião no final, e deixem aqueles que foram os piores do ano para vocês.

Piores do Ano segundo as notas do My Anime List:

10° - Active Raid: Kidou Kyoushuushitsu Dai Hachi Gakari

Informações:
Tipo: TV
Fonte: Original
N° De Episódios: 12
Duração: 24 minutos
Gêneros: Comédia, Mecha, Policia, Sci-Fi
Estúdio: Production IMS (Shinmai Maou no Testament, Date a Live II), Orange
Diretor: Gorou Taniguchi (Code:Geass, Junketsu no Maria)
PVs: PV1, PV2, CM1, CM2, CM3
My Anime List: Link

Sinopse: Depois que o desastre da Areia Movediça afundou grandes faixas de Tóquio, a reconstrução rápida requer agora o uso de exoesqueletos poderosos. Embora a maioria desses exoesqueletos sejam usados ​​para o bem, uma vez que eles caem nas mãos de criminosos, eles podem se tornar um perigo para os cidadãos de Tóquio. Mais comumente chamado de "Oitavo" apenas, a Divisão de Assalto Móvel está devidamente equipada para lidar com criminosos habilitados com seus próprios exoesqueletos. Esses criminosos exigem policiais igualmente poderosos. Ao conectar suas mentes com o sistema ACTIVE, os membros da Divisão de Assalto Móvel, mais conhecidos como os "Willwearers", entram em seus exoesqueletos e se tornam sobre-humanos.
Nem todas as unidades da Divisão de Assalto Móvel são bem respeitadas. Uma unidade da D.A.M, Unidade 18, infelizmente tem uma má reputação devido à sua maneira imprudente e destrutiva de resolver crimes. É aí que a inspetora Asami Kazari entra. Embora ela seja jovem, sua experiência em lidar com situações difíceis é incomparável. Ela pode reunir a equipe e ajudar a salvar a imagem pública de toda a força policial blindada?

Nota: 6,01/10Comentários: Vi o primeiro episódio apenas, mas consigo listar os problemas. Primeiro que o episódio parecia um reboot de power rangers em anime, só que muito mal feito. Animação ruim, CG mal feito, personagens ruins, enfim, tudo somando pra isso. Acho que o que mais atrapalhou aqui foi o hype, diretor de Code Geass dirigindo um novo anime mecha, o hype vai nas alturas, e acaba não correspondendo.

9° - Battery

Informações:
Tipo: TV
Fonte: Novel
N° De Episódios: 11
Duração: 24 minutos
Gêneros: Drama, Slice of Life, Esportes
Estúdio: Zero-G
Diretor: Tomomi Mochizuki (Saraiya Goyou, Pupa)
PVs: PV1PV2PV3
My Anime List: Link

Sinopse: A historia giram em torno de Takumi Harada, um jovem que se muda para uma cidade montanhosa na província de Okayama durante a férias de primavera, antes que ele entre no ensino médio, devido à transferência do trabalho de seu pai. Takumi é um lançador, e depois de se mudar ele perde a fé em seu próprio talento, quando de repente seu colega Kou Nagakura aparece na frente dele. Kou tem um forte desejo de formar uma "battery" (a combinação de um lançador e um agarrador) com Takumi.

Nota: 5,91/10. Comentários:  Outro anime que vi só o primeiro episódio, e bom, é um drama envolvendo dois amigos no beisebol, drama dificilmente atinge todo mundo, principalmente se os personagens não agradarem, o que foi o caso desse anime. Acho que o hype também no diretor acabou decepcionando, e, segundo outros reviews, história foi rushada e não teve um drama agradável.

8° - Divine Gate

Informações:
Tipo: TV
Fonte: Jogo
N° De Episódios: 12
Duração: 23 minutos
Gêneros: Ação, Fantasia, Sci-Fi
Estúdio: Pierrot (Naruto, Bleach)
Diretor: Noriyuki Abe (Bleach, Arslan Senki)
PVs: PV1, PV2
My Anime List: Link

Sinopse: Quando o Portão Divino se abriu, o mundo vivo, os céus e o submundo se conectaram, inaugurando uma era de caos onde os desejos e os conflitos se cruzavam. Para restaurar a ordem, o Conselho Mundial é formado. Quando a paz é restaurada, o Portão Divino se torna uma lenda urbana.
Nesse mundo, meninos e meninas consideradas aptas pelo Conselho Mundial são reunidas. São aqueles que visam alcançar o portão para seus objetivos pessoais. Aqueles que alcançam o portão podem refazer o mundo.
O que está além do portão? Quando eles chegarem ao portão, o mundo mudará? Será o passado que muda, ou será o futuro?

Nota: 5,87/10Comentários: Esse eu já vi 8 episódios, fica mais fácil listar os problemas. Antes de mais nada, uma adaptação de jogo Mobile pelo estúdio que não deve ser nomeado, ou no caso, Pierrot. O diretor era excelente, talvez apesar do estúdio quem viu achava que ele poderia fazer algo, mas não adiantou nada. Péssimos personagens, história totalmente confusa e ruim, mal contada mesmo, animação horrível, ao nível Pierrot mesmo, as cenas de ação eram poucas e não empolgavam, enfim, uma tragedia.

7° - Bloodivores

Informações:
Tipo: TV
Fonte: Web Comic Chinesa
N° De Episódios: 12
Duração: 24 minutos
Gêneros: Ação, Sobrenatural, Vampiros
Estúdio: Creators in Pack (Ojisan to Marshmallow, Danchigai)
Diretor: Ie Chen
PVs: PV1
My Anime List: Link

Sinopse: A insônia está espalhada por todo o mundo e uma nova espécie, conhecido como "Sanguinária", nasceu como um efeito colateral do medicamento feito para curar a doença. O personagem principal, Ryuu Mi, que é um filho de um sanguinário e um humano, é considerada como sendo a criança que unirá as espécies. No entanto, Ryuu Mi é preso devido a um assalto a banco e se torna o principal suspeito no caso. Ele tenta escapar da prisão com ajuda de seu pai, que é um sanguinário mas trabalha como um ser humano no Gabinete de Segurança e Gestão Especial do Ministério de Estado, que investiga os sanguinários. De repente, um monstro desconhecido ataca a prisão, e apesar de Ryuu Mi escapar do monstro com seu companheiro Anji, ele descobre que a prisão está localizado em Aori, uma cidade deserta e o berço dos sanguinários. Por que os sanguinários capturados estão sendo enviados para Aori? O que era o monstro? Sendo forçado a se envolver na batalha contra o monstro, Ryuu Mi começa sua jornada para resolver este mistério.

Nota: 5,81/10Comentários:  Um episódio visto desse também. Animes de obras chinesas dificilmente conseguem alguma coisa, ainda que esse anime foi feito por um estúdio Japonês, um totalmente novo diga-se de passagem. Do que eu lembro, eram personagens muito ruins, uma história que já começou confusa, o primeiro episódio não tinha nada da sinopse, era basicamente outra história, e usar vampiros raramente da certo também. Pelo que eu vi de outros reviews, a história não mudou muito, mal contada e ruim, a animação estava bem abaixo da média, e o anime não divertia, ou seja, uma obra ruim.

6° - Endride

Informações:
Tipo: TV
Fonte: Original
N° de episódios: 24
Duração: 24 minutos
Gêneros: Aventura, Fantasia
Estúdio: Brains Base (Durarara!!, Baccano!!)
Diretor: Keiji Gotou (Kiddy Grade, Uta Kata)
PVs: PV1
My Anime List: Link

Sinopse: Endra é um mundo desconhecido sob a superfície da própria Terra. Um dia, Shun Asanaga - um menino de 15 anos de idade, um aluno comum mas mesmo assim positivo e brilhante do ensino médio que vivia na Terra - descobriu um cristal misterioso na empresa do seu pai, e no momento ele tocou o cristal, ele foi transportado para Endra. Ele encontra o recém-capturado príncipe Emilio, que despreza fortemente o atual Rei Deruzain e foi preso depois de procurar vingança contra o monarca atual.

Nota: 5,80/10Comentários: Três episódios, e já dá para listar que o pior daqui são os dois protagonistas, péssimos personagens, irritantes mesmo, acho que o principal motivo para eu largar, já que a história parecia ter potencial, pelo visto só parecia mesmo. Direção não empolgava nas cenas de ação, animação tinha falhas, coisa que não era comum nesse estúdio, trilha-sonora não ajudava, enfim, todos os problemas de sempre, é quase uma repetição. O mundo inferior tentaram fazer algo bonito, até conseguiram, mas era sempre o mesmo cenário.

5° - Seisen Cerberus: Ryuukoku no Fatalités

Informações:
Tipo: TV
Fonte: Jogo
N° de episódios: 13
Duração: 24 minutos
Gêneros: Aventura, Fantasia
Estúdio: Bridge (Devil Survivor 2 the Animation)
Diretor: Nobuhiro Kondou (Nobunagun)
PVs: PV1PV2CM1
My Anime List: Link

Sinopse: Seisen Cerberus segue o garoto de 16 anos de idade Hiiro, que brande uma espada, a fim de vingar a morte de seus pais, matando o dragão do mal Danguard.

Nota: 5,79/10Comentários: Quatro episódios, quatro sofríveis episódios. Esse anime era tão baixa renda que alem do fato da animação ser horrível, quando tinha mais de um personagem na tela, apenas um era animado, os outros ficavam estáticos, chegava a ser engraçado. Fora o cast de personagens horrível, história mal conduzida, nenhum climax interessante, direção que não empolgava, todos os problemas de sempre.

4° - Mayoiga

Informações:
Tipo: TV
Fonte: Original
N° de episódios: 12
Duração: 24 minutos
Gêneros: Mistério, Drama
Estúdio: Diomedea (Noucome, Campione!)
Diretor: Tsutomu Mizushima (Another, Prison School)
PVs: PV1PV2
My Anime List: Link

Sinopse: 30 homens e mulheres jovens se reúnem em uma excursão de ônibus. O destino do turismo: uma aldeia ilusória, possivelmente inexistente chamado Nanakimura. Em Nanakimura, pode-se levar uma existência utópica, livre de obstáculos do mundo, ou assim dizia-se em uma lenda urbana.

Nota: 5,79/10Comentários: Único da lista que eu tive a coragem de assistir até o final, e me arrependo muito disso. A maior decepção de 2016, um original de mistério e suspense, talvez com terror, com um ótimo diretor e roteiro escrito por Mari Okada (AnoHana, Nagi no Asukara), enfim, o hype estava nas alturas. Mas, se o hype tivesse correspondido, o anime não estaria aqui. Já começa pelos 30 piores personagens reunidos juntos, isso somado a um roteiro insano, sem sentido algum, e com a falta de qualquer mistério, terror ou suspense. Parecia que o anime foi feito ruim assim de proposito, que a intenção era rir. Os "monstros" eram a pior coisa que eu vi animada no ano, toscos demais, os tais mistérios não existiam, pois não eram bem contados para isso. Enfim, a decepção do ano prova que hypar demais algo só piora tudo.


3° - Big Order

Informações:
Tipo: TV
Fonte: Manga
N° de episódios: 10
Duração: 24 minutos
Gêneros: Ação, Shounen, Super Poderes
Estúdio: Asread (Mirai Nikki, Ga-Rei: Zero)
Diretor: Nobuharu Kamanaka
PVs: PV1
My Anime List: Link

Sinopse: Eiji Hoshimiya é um estudante do ensino médio introvertido com um grande segredo - ele desejava  a destruição do mundo, quando ele era mais jovem. Fadas dão a certas pessoas poderes especiais chamados Orders.  O que os usuários podem fazer com seu poder depende de seus desejos. 10 anos após a grande destruição, Eiji se esforça para chegar a um acordo com seu imenso poder.

Nota:5,69/10Comentários: Esse eu vi cinco episódios. Manga do autor de Mirai Nikki com o mesmo estúdio de Mirai Nikki, quem gostou de Mirai Nikki esperava algo do mesmo nível, e novamente, se decepcionou e muito (a não ser quem achava Mirai Nikki ruim, mas não vamos entrar nesses detalhes). A história era horrível, avançava de uma maneira confusa e rápida demais, os personagens eram horríveis, tinha uma apelação pra ecchi muito mal feita e desnecessária, a animação era mediana no máximo, a trilha sonora não fazia sentido, pois não combinava com as cenas, colocavam musicas de um estilo em cenas que precisariam de outro. Enfim, uma falha gigante.

2° - Idol Memories

Informações:
Tipo: TV
Fonte: Original
N° De Episódios: 12
Duração: 26 minutos
Gêneros: Música
Estúdio: Seven Arcs (Trinity Seven, Sekirei)
Diretor: Katsuya Kikuchi
PVs: PV1PV2
My Anime List: Link

Sinopse: Num futuro próximo, onde Ídolos são ativos no espaço de realidade virtual, duas unidades do Shiritsu Kanon Gakuen, que estão atualmente perdendo classificações, estão tentando atingir o topo na liga de Ídolos! Quem vai estar recebendo a honrosa tiara?

Nota: 5,63/10Comentários: Único anime da lista que eu não vi nem um episódio, eu comentária o que eu teria lido em reviews, mas nem isso existem do anime, é totalmente underground, o anime não foi licenciado para o ocidente, então eu suponho que o problema aqui tenha sido os ídolos nada carismáticos, musica ruim, coisas do tipo, só dá para especular mesmo.

1° - Scared Rider Xechs

Informações:
Tipo: TV
Fonte: Jogo
N° De Episódios: 12
Duração: 24 minutos
Gêneros: Aventura, Harem, Romance, Sci-Fi
Estúdio: Satelight (Fairy Tail, Log Horizon)
Diretor: Hideto Komori (Hayate no Gotoku!)
PVs: PV1PV2PV3
My Anime List: Link

Sinopse: O mundo azul, que simboliza a razão, está sob ataque constante por parte das criaturas chamadas de Nightfly O'Note provenientes do Mundo Vermelho, simbolizando o instinto. Akira Asagi, o protagonista de 17 anos, que é um pesquisador no mundo azul, é nomeado para liderar a guerra em Ryuukyuu LAG, uma academia de defesa nas ilhas de Ishigaki e Iriomote. Ela encontra a sexta unidade de combate "IS", que se formou quatro anos após uma batalha feroz que aniquilou a quinta unidade. Akira deve levar estes seis pilotos, também chamados de Scared Rider Xechs, para lutar contra o outro mundo, enquanto, ao mesmo tempo aprofunda o relacionamento entre eles.

Nota: 5,31/10Comentários: O pior anime de 2016 segundo o ocidente, eu vi meio episódio, não consegui nem ver o primeiro episódio que eu costumo ver. Em meio episódio eu percebi os péssimos personagens, a história confusa e sem progressão, a animação era a unica coisa até que decente, vinha de um bom estúdio. Mas o resto era só decepção. Por reviews lidos, a história repetia uma mesma formula enquanto forçava o harém reverso e tentava agradar as fujoshis, tanto que no Japão esse anime vendeu bem, então é no ocidente que não agradou. Uma formula que com certeza não daria certo no ocidente, acabou se saindo ainda pior que o esperado e ficando com o pior anime de 2016.


---------------------------------------------------------------------------------------------------------

Agora, vou listar os que eu vi até o final e achei os piores do ano:

- Mayoiga: Já comentei ali em cima;

- Taboo Tatoo: Esse foi uma decepção, um anime que foi adiado algumas vezes até estrear, e começou bem, animação boa, umas cenas de ação interessante, mas em poucos episódios tudo desandou, personagens horríveis foram aparecendo, a história progredia a uma velocidade absurda, tudo era jogado na tela do nada, depois a ação era horrível e forçavam mortes e gore sem sentido, enfim, a história era péssima e os personagens tanto quanto.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------

Piores Curtas de 2016

10° - Onigiri, Nota: 5,48/10. MAL: Link
9° - Ozmafia!!, Nota: 5,46/10. MAL: Link
8° - 3-Nen D-Gumi Glass no Kamen, Nota: 5,23/10. MAL: Link
7° - Ame-iro Cocoa in Hawaii, Nota: 5,14/10. MAL: Link
6° - Bishoujo Yuugi Unit Crane Game Girls Galaxy, Nota: 5,05/10. MAL: Link
5° - Nazotokine, Nota: 5,02/10. MAL: Link
4° - Sushi Police, Nota: 4,80/10. MAL: Link
3° - Bishoujo Yuugi Unit Crane Game Girls, Nota: 4,52/10. MAL: Link
2° - Ragnastrike Angels, Nota: 4,42/10. MAL: Link
1° - Mahou Shoujo Naria Girls, Nota: 3,91/10. MAL: Link

Nenhum comentário:

Postar um comentário